sexta-feira, 28 de abril de 2017

Desvendando seu estilo: Biotipos

Hey Galera, tudo bem com vocês?
Resolvi complementar o conteúdo do canal sobre biotipos com um post por aqui, pois como não queria fazer vídeos muito longos falei apenas o que considero essencial e aqui consigo passar mais dicas e informações, trazendo fotos de mulheres de cada biotipo para ajudar a inspirar. Então vamos s dicas!

Ampulheta
Possui medidas de ombros e quadris similares e a cintura mais fina.
Esse biotipo é tido como o "ideal" por possuir medidas proporcionais, por isso costuma-se indicar que a mulher que tem esse biotipo procure manter a sua silhueta natural, cuidando com os exageros.
Invista:
- roupas que acompanhem suas curvas, como vestidos, blusas e casacos acinturados, saias lápis e calças skinny e retas.;
- blazer e casacos alongados;
- vestidos evasê;
- vestidos transpassados;
- equilíbrio de volumes, por exemplo, quando usar uma saia mais rodada combine com uma blusa estruturada, com um certo volume nos ombros;
- cintos, mas sem se espremer com eles, eles servirão apenas para ajudar a manter seu looks acinturados;
- quando usar calças flares e pantalonas dê preferência as de cores escuras;
Evite:
- volumes exagerados;
- roupas justas demais, principalmente em cores claras ou estampas chamativas;
- calças flares e pantalonas em cores claras e estampadas;
- listras horizontais;
- boleros e casaquinhos na altura da cintura;
Quem tem: Juliana Paes, Marina Ruy Barbosa, Camila Coelho e Oprah Winfrey


Retângulo
Possui medidas de ombro, cintura e quadril praticamente iguais, então procura-se criar sempre a impressão de uma silhueta mais curvilínea, marcado a cintura e abusando dos volumes nos ombros e quadris.
Invista:
- vestidos estruturados e rodados;
- blusas com babados, bordados, pregas e outros detalhes nas mangas que gerem certo volume;
- calças e shorts com bolso faca e pregas frontais;
- pantalonas fluídas;
- listras horizontais combinadas à cintos largos;
- calças, shorts e saias de cintura alta em modelagem mais solta;
- saias com babados e franzidas;
- recortes estratégicos na região da cintura;
Evite:
- roupas lisas de modelagem justa;
- cintura muito baixa;
- roupas de cortes retos;
- rupas muito largas;
Quem tem: Gisele Büdchen, Angélica, Cameron Diaz e Cara Delevingne


Triâgulo
Possui a medida de quadril maior que a de ombro e normalmente a cintura fina, assim, o ideal na hora de montar os looks é buscar composições que harmonizem a silhueta, dando volume a região dos ombros.
Invista:
- blusas e blazers estruturados, com ombreiras ou franzidos;
- blazer e casacos um pouco acima do quadril;
- peças na parte de cima estampadas e em cores mais claras ou vibrantes;
- blusas com ombro caído e decote ciganinha;
- blusas em tecidos mais encorpados;
- listras horizontais na parte superior;
- parte inferiores em tons mais escuros;
- calças, shorts e saias em modelagens mais sequinhas;
- vestidos e saias evasê;
Evite:
- peças frente única;
- blusas muito sequinhas, principalmente em cores escuras;
- saias e vestidos rodados;
- parte de baixo com estampas horizontais e chamativas;
- parte de baixo em jeans de lavagem clara;
- calças e shorts com bolso faca e pregas frontais;
- calça super skinny;
- cintura muito alta;
Quem tem: Bruna Marquezine, Paola Oliveira,  Jennifer Lopez e Alex Bledel



Triângulo Invertido
Possui a medida de ombros maior que a de quadril, sendo como o próprio nome sugere, o inverso do biotipo citado anteriormente, levando a busca contrária de volume, ou seja, na região do quadril.
Invista:
- saias e vestidos volumosos no quadril;
- cintura marcada;
- blusas em cores mais escuras;
- blusas em tecidos fluídos;
- frente única;
- casacos acinturados e com bolsos na parte de baixo, principalmente bolsos faca;
- calças e shorts com pregas frontais e bolso faca;
- blazers, casacos e cardigãs curtos em cores escuras usados abertos sobre peças claras;
- calças flare;
- pantalonas com cores claras ou vivas e estampadas;
- saias e vestido tulipa ou godê;
- mini comprimento;
Evite:
- parte de cima muito amplas;
- blusas com babados, drapeados e outros detalhes que possam dar volumes nos ombros, mangas e busto, caso sejam fartos;
- cores claras, estampas chamativas e listras horizontais na parte de cima;
- calças muito justas, principalmente combinadas com peças mais soltas na parte de cima;
- saias e vestidos midi ajustados;
Quem tem: Fernanda Lima, Lea Michele, Kate Middleton e Abigail Breslin



Oval
Possui a medida de cintura maior que a de ombro e quadril. Quem tem esse biotipo possui a região abdominal mais saliente, então sugere-se looks que ajudem a dar uma aparência mais longilínea e que ajudem a evidenciar os pontos fortes, como rosto, colo e pernas, por exemplo.
Invista:
- looks monocromáticos;
- sobreposição de coletes, blazers, casacos e afins, usados abertos;
- blusas com decote 'U' e 'V';
- blusas e vestidos com detalhes na vertical;
- blusas e blazer ou casacos até a metade dos quadris;
- saias e vestido transpassados;
- vestidos de corte reto ou levemente acinturado;
- vestidos e saias evasê;
- saias de comprimento um pouco acima do joelho e corte reto;
- calças de cós médio retas ou levemente flare;
- roupas em tecidos encorpados;
Evite:
- roupas em tecidos muito trabalhados, que gerem volume ou então que deixem a peça muito justa;
- roupas muito largas;
- saias e vestidos rodados, principalmente de cós baixo;
- calça super skinny;
- comprimentos midi;
- calças, shorts e saias de cós muito alto o muito baixo;
- peças com pregas e drapeados frontais ou com bolsos muito chamativos;
- blusas e camisas usadas por dentro da calça;
- partes de cima em estampas muito chamativas e horizontais;
- coletes e casacos curtos, próximos a cintura;
Quem tem: Adele, Queen Latifah, Preta Gil e Fabiana Karla



Antes de encerrar vou reforçar o que já falei em vídeo: nenhuma dessas dicas é regra ou verdade absoluta! O primordial é que você conheça seu próprio corpo, suas formas e curvas, e assim, consiga perceber o que mais te agrada nele para poder valorizar. O senso comum é de que as roupas sejam usadas para harmonizar as proporções corporais, equilibrando as medidas para que se aproximem do que é tido como corpo "ideal", que como mencionei no início do post, é o corpo ampulheta, mas que fique claro que isso de maneira alguma significa que você tem que seguir esse senso comum. 
Se você tem o corpo retângul, por exemplo, o e gosta dele assim, mais esguio, não precisa começar a ter neuras e montar looks que gerem volume estratégico para ter uma silhueta mais curvilínea, pois todos os biotipos tem seu charme, com pontos fortes a serem explorados. O importante é você se olhar no espelho e se sentir bem, tendo consciência de que a moda é apenas mais um recurso para trabalhar sua melhor versão dentro daquilo que VOCÊ achar necessário.

Se ficou alguma dúvida deixe aqui nos comentários e para assistir aos vídeos da série "Desvendando seu estilo" é só clicar AQUI.


Beijos e até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário